Alagoano acredita na retomada das tradições

Ângelo Monteiro toma posse na Academia Pernambucana de Letras Sticky

Nunca houve valorização tão grande do passado quanto nos tempos atuais. Até porque viver só no presente é a negação da história. A contemporaneidade precisa caminhar junto com o aspecto conservador. Essa reflexão marca o ingresso do filósofo e poeta Ângelo Monteiro, 71, em uma instituição cuja função primordial é, na definição dele, “preservar a memória da cultura, sobretudo das criações na língua”. Nesta quinta-feira (27), às 19h, o escritor toma posse da cadeira 34 da Academia Pernambucana de Letras (Avenida Rui Barbosa, 1596, Graças).

Subscrever RSS - Alagoano acredita na retomada das tradições