OITAVO TEMA SEM JÚBILO

O Inquisidor suspenso sobre as chamas
daqueles que incinera vê, lesado,
o seu próprio semblante ou o seu amor?

Cansou-lhe queimar corpos: por queimá-los,
ou antes porque busca queimar almas,
mesmo que elas não queiram ser queimadas?

Se as almas nada querem de outras almas,
que função dar ao fogo, se ninguém
vai mais purificar-se em suas chamas?

O eterno Inquisidor, sob as estrelas,
de tudo e de si mesmo: do negror
a fama salvará do mais Antigo?

Não busca, como o Antigo, salvar almas:
pois se querem perdidas. Que mais busca
inquirir sob os céus o Inquisidor?

O Inquisidor percebe as chamas mortas:
de que vale atiçá-las, quando o fogo
há muito se extinguiu nas próprias almas?

Sua sombra passeia como dantes:
mas como ser o mesmo, se as fogueiras
não alimentam mais a sua dor?

Autor: 
Ângelo Monteiro
Livro: 
O Inquisidor

Comentários

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.